A Cor da Terça-Feira, por Clara Meirelles

  • 0
acor

A Cor da Terça-Feira, por Clara Meirelles

Category : Sem categoria

A Cor da Terça Feira, um dos filmes participantes do projeto LABs Produtora Escola ganhou de presente um texto-crítica da roteirista Clara Meirelles, que foi uma das mentoras do projeto.

“Um filme são muitos filmes. Principalmente para quem acompanha desde o primeiro rascunho.

Trabalhei como script doctor de Lucas Moratelli e Tainá Rei no roteiro do curta-metragem A Cor da Terça-Feira. A primeira versão de um script tem a força de ser o documento em que nós, roteiristas e diretores, exprimimos pela primeira vez nossos desejos e ideias sobre o filme. Lembro que a primeira impressão que tivemos, ao ler e analisar o roteiro inicial do curta do Lucas e da Tainá, foi de que havia ali mais personagens e elementos cinematográficos do que o ideal para dar consistência narrativa à proposta. Por isso, a principal tarefa da dupla foi encontrar o cerne do roteiro. Depois de várias conversas, o projeto foi redesenhado. A cada semana, o trabalho – ainda no papel – crescia, ganhando músculos e densidade.

 Meses depois, o filme fica pronto. O curta traz a delicadeza, a tragédia, os elementos essenciais do que eles queriam; flerta com a literatura, por apresentar um texto marcado e bonito; tem ações concentradas e precisas, e se ocupa do tempo presente asfixiado pelo passado. Trata da morte sem pudor e nos oferece o afeto em troca. E mais não digo, pois não quero dar spoiler.

 Que os dois jovens realizadores ainda batam muita claquete por aí. E vida longa ao Cinema Nosso, que organizou esse baile.

 Agora só falta você ver.”

Clara Meirelles é Roteirista e mestre em Comunicação e Cultura pela UFRJ. Desenvolve pesquisas acadêmicas e redação de roteiros para televisão, cinema e quadrinhos. Como pesquisadora, escreveu uma dissertação de mestrado sobre melodrama e teorias da comunicação. Como roteirista, escreveu seriados como “Quase Anônimos”(Multishow), “Amoral da História” (Multishow) e “Copa Hotel” (GNT). Integrou a equipe de roteiristas do núcleo de televisão da Conspiração Filmes e lá escreveu programas para a TV, entre os quais “Caminhos da escola” (TV Cultura). Escreveu também gibis da Luluzinha Teen e o interprograma “What’s On” do Universal Channel. O argumento para o longa-metagem “De estilingue” ganhou o prêmio do Ministério da Cultura para roteiristas estreantes. O roteiro de longa-metragem “O Monstro”, criado em parceria com David França Mendes, foi selecionado para o BR Lab. Também escreve para teatro: em 2014 estreou a peça “A Hora Perigosa” e o espetáculo de circo “Febril”. De 2015 a 2016 coordenou o Curso de Roteiro da Academia Internacional de Cinema do Rio de Janeiro.

O filme A Cor da Terça-Feira será lançado hoje, dia 8 de março de 2016, na Mostra LABs Produtora Escola, no Cine Odeon, a partir das 18h. Entrada franca.

O LABs Produtora Escola faz parte do programa Territórios Culturais RJ / Favela Criativa da Secretaria de Estado de Cultura do Rio de Janeiro , em parceria com a Light e a Agência Nacional de Energia Elétrica – ANEEL – Brasil.


Leave a Reply