BR3, por Andrea Cals

  • 0
br3

BR3, por Andrea Cals

Category : Sem categoria

O filme BR3, realizado no projeto LABs Produtora Escola, teve uma crítica escrita pela produtora Andréa Cals.

 

“Nos anos 70, Toni Tornado fez sucesso com a canção BR-3, de Antonio Adolfo e Tibério Gaspar. A BR-3 da música tem duplo sentido: além de nos lembrar de uma rodovia, era o “apelido” da veia que recebia drogas injetáveis e falava de um lugar onde a gente corre, onde a gente morre,  e da criação de novos heróis a cada mês.

Os heróis do filme homônimo de Bruno Ribeiro são pessoas trans, moradoras de favelas cariocas. São 3 histórias de contextos diferentes para personagens reais, em busca do que todos – de qualquer gênero – queremos: oportunidade, sucesso, prosperidade, amor.

Não sei se há intencionalmente alguma relação pensada pelo diretor com a música citada, mas me parece curioso fazer uma correlação com os que tem as veias injetadas de hormônios, nessa corrida pela estrada da  vida, onde há pontos de partida, e somente portos de talvez.

Como sugere o plano final, a vida segue indiferente aos nossos dramas,  mas continua nos permitindo sonhos e até viagens multicoloridas.

E se é de esperanças que vivemos, Bruno nos deixa com a oração de Nina Simone: “Eu gostaria de saber como é a sensação de ser livre”, “Eu gostaria de poder compartilhar todo amor que há em meu coração”.”

O LABs Produtora Escola faz parte do programa Territórios Culturais RJ / Favela Criativa da Secretaria de Estado de Cultura do Rio de Janeiro , em parceria com a Light e a Agência Nacional de Energia Elétrica – ANEEL – Brasil.


Leave a Reply