Workshop com Silvio Tendler – O documentário brasileiro ontem e hoje

  • 0

Workshop com Silvio Tendler – O documentário brasileiro ontem e hoje

No sábado, dia 22/07, o Cinema nosso recebeu o 9° workshop para os participantes do LABS, com a presença do cineasta, professor e historiador Silvio Tendler. O documentarista, que tem em seu currículo longas como “Os Anos, JK, uma Trajetória Política”, de 1980 e “O mundo mágico dos Trapalhões”, de 1981, e Jango, de 1984, conversou com os participantes sobre sua entrada no mundo do cinema e dos documentários e deu dicas para os futuros cineastas.
“Documentário é arte. É a realidade interpretada pelo autor.”, segundo Silvio Tendler.
Os participantes puderam ouvir um pouco da sua história, fazer perguntas, conhecer o seu processo criativo e saber como alguns de seus longas mais conhecidos foram feitos. A pedido de Tendler, foi exibido o documentário “Now” (1965), de Santiago Alvarez, que segundo ele, foi uma das maiores aulas de cinema que já teve.
Além do debate, os presentes tiveram a chance de ver, em primeira mão, o documentário “Dedo na ferida”, produzido pela Caliban Cinema e conteúdo, e dirigido pelo próprio Silvio Tendler. O documentário aborda o controle de governos pelo capital financeiro.  
O Labs PE 2017 é um processo de formação e realização audiovisual que o Cinema Nosso desenvolverá durante todo ano de 2017.
O Projeto faz parte do programa Territórios Culturais RJ/ Favela Criativa da Secretaria Municipal de Cultura do Rio de Janeiro, em parceria com a Light e a Agência Nacional de Energia Elétrica – ANEEL – Brasil.
IMG_5812tratada
IMG_5812tratada

  • 0
unnamed (3)

Laboratório | Edição De Áudio E Vídeo

O objetivo do laboratório é apresentar e reciclar processo de produção de vídeo.

O educador Ricardo Graça é Escritor e Designer multimídia. É sócio-diretor da RME Comunicação desde 2008. Formado em Letras. Conhecimentos: fotografia, ilustração, design, audiovisual e programação.

O laboratório acontece de 24 a 26 de abril, Segundas, Terças e  Quartas, 14h às 17h no  Museu da Vida.
Av. Brasil , 4365 – Manguinhos

Pré-inscrição através de formulário online obrigatória

https://goo.gl/forms/W5uZWTOpgcgQHYzK2


  • 0
unnamed

Laboratório | Desenvolvimento de aplicativos para celular

Tags :

O objetivo do laboratório é descobrir o potencial de aplicativos para dispositivos móveis. Conhecer os recursos como sensores e plataformas de comunicação. Aprender noções de lógica de programação. Desenvolver aplicativos básicos.

O educador Bruno Vianna é um cineasta que mudou o foco da sua produção para suportes audiovisuais que incorporam diferentes tipos de interatividade e não se limitam à superfície da tela.

O laboratório acontece de 18 a 27 de Abril, terças e Quintas, 14h às 18h no Cinema Nosso na rua do Rezende, 80,Lapa.

Pre-inscrição através de formulário online obrigatória

https://goo.gl/forms/eZC01X9Ilp16YOw62


  • 0
unnamed (2)

Laboratório | Dados e narrativas : Criando novas histórias a partir de dados

O objetivo do laboratório é instrumentalizar e sensibilizar produtores e gestores de pontos de cultura para busca, análise, limpeza e visualização de dados afim de fortalecer o trabalho de comunicação de seus projetos a partir de narrativas mais dinâmicas e empoderadoras.O laboratório acontece de  17 a 24 de abril, Segundas, Terças, Quartas e Quintas, 13h às 17h no  Museu do Samba R. Visconde de Niterói , 1296 – Mangueira

INSCRIÇÕES

(Pre-inscrição através de formulário online obrigatória)

https://goo.gl/forms/W5uZWTOpgcgQHYzK2


  • 0
unnamed (1)

Laboratório | Criação E Manutenção De Sites

O objetivo do laboratório é ensinar os participantes a utilizarem o gerenciador de conteúdo WordPress e tecnologias web de acordo com suas necessidades de publicação e divulgação de projetos. O laboratório acontece de 10 a 26 de abril, Segundas e Quartas, 17h às 20h no  Som das Comunidades
R. Aureliano Portugal, 195 – Fundos -Rio Comprido

Pré-inscrição através de formulário online obrigatória

https://goo.gl/forms/W5uZWTOpgcgQHYzK2


  • 0
IMG_4914

LABs Produtora Escola 2017

Aconteceu no sábado, 25 de março, no Cinema Nosso,  o 1º workshop LABs Produtora Escola 2017, “Do curta ao longa metragem” ministrado por Luis Lomenha, diretor da Jabuti Filmes, e fundador do Cinema Nosso. O Labs PE 2017 é um processo de formação e realização audiovisual que o Cinema Nosso desenvolverá durante todo ano de 2017. Luiz, reforçou a importância de todas as etapas de uma produção, “o pós filme é tão importante quanto o pré, é necessário que tenha a participação do diretor, do elenco, que vocês estejam traçando estratégias juntos, isso faz com que a gente consiga avançar”

arte_pronta_workshop_luis

Neste sábado, 08 de abril, o Cinema Nosso, abre as portas para o workshop LABs Produtora Escola 2017,  “Direção de fotografia” ,  ministrada por Lula Carvalho,  diretor de fotografia de filmes brasileiros premiados em festivais, como Tropa de Elite 1 e 2, e também internacionais, como Robocop (2014) e Tartarugas Ninja (2014). Ganhou o Kikito de ouro por melhor fotografia no Festival de Gramado 2008, com o filme A Festa da Menina Morta, dirigido por Matheus Nachtergaele. O workshop terá exibição dos curtas-metragens “Migalhas”e “Réquiem Meneghetti”, produzidos por Sarah Duarte, da equipedo curta “Acúmulo ” e  “A cor laranja”, dirigido por Karina de Abreu, integrante da equipe de “Meninas Invisíveis”

LABS_PE_WORKSHOP2_FACEBOOK


  • 0
gamejam

2a Game Jam – Cinema Nosso

GAME JAM – 2º EDIÇÃO
Está chegando mais uma edição da Game Jam do Cinema Nosso!
Dessa vez, a nossa Game Jam será um “esquenta” para o Rio Indie Games, evento realizado pelo Cinema Nosso e que acontecerá em novembro.

A Game Jam Cinema Nosso tem o objetivo de integrar equipes de desenvolvimento de jogos, para que, em apenas 8 horas, possam desenvolver jogos com as ferramentas que a equipe preferir.
É importante lembrar que a idéia é colaborar e não disputar! A Game Jam Cinema Nosso visa o espírito colaborativo na hora de alcançar as metas que foram estipuladas.
As inscrições serão realizadas através do formulário online:
http://goo.gl/niFAUQ
A atividade é gratuita e as vagas são limitadas!

Público alvo:
Qualquer pessoa que tenha interesse no desenvolvimento de jogos. Menores de idade deverão trazer e entregar à equipe de coordenação da sede uma autorização assinada pelo seu responsável que está disponível no link: http://goo.gl/mxKAYQ

Tipos de Jogos:
Analógicos ou digitais. Não será permitido trazer um jogo pronto. Os jogos precisam ser construídos coletivamente, no prazo determinado e, de acordo com o tema, divulgado no dia do evento.

Materiais:
As equipes devem trazer o material que achar necessário, como computador, extensões, adaptadores, cabos, etc. Embora disponibilizemos alguns materiais durante o evento, não há patrocínio de material para esta atividade e nem seria justo limitar a criatividade dos participantes através destes materiais.

Formação de Equipes:
No início do evento, disponibilizaremos um tempo para que as equipes se organizem no ambiente e escolham suas equipes. Os inscritos podem comparecer com sua equipe já formada para o evento. Caso você ainda não pertença a um grupo, o ajudaremos com essa questão no dia do evento, o mais importante é que você participe.

Pitching:
Todos os jogos serão apresentados ao final do evento, pelas equipes que os produziram.

Queremos ver todo mundo lá curtindo com a gente!


  • 0
oficina

Oficina de Audiodescrição

Na próxima sexta, dia 9 de setembro, haverá aqui no Cinema Nosso a Oficina de Audiodescrição, que é uma modalidade de tradução audiovisual desenvolvida para atender prioritariamente as necessidades da pessoa com deficiência visual, favorecendo- lhe a acessibilidade audiovisual.
Não há mais inscrições abertas e vagas para a oficina.

A oficina se propõe a desenvolver os parâmetros da AD aplicada às artes cênicas: teatro e dança e às artes visuais Elaboração de roteiros com o software Subtitle Workshop Aplicações da AD no segmento museológico.


  • 0
13718785_899926150115858_1071139578708160421_n

FESTIVAL REIMAGINE RIO

Em agosto, todos os olhares do mundo estarão no Rio de Janeiro. A cidade será sede dos Jogos Olímpicos 2016 e, para mostrar ao mundo uma forma de reimaginar nossa cidade, o Festival Reimagine Rio vai chegar aos cinemas e também em sessões populares em comunidades, levando histórias de liderança e de sucesso de pessoas que, através de projetos sociais, tiveram sua realidade transformada e hoje, são cineastas, atletas, entre outros…
Confira os filmes e as sinopses e o mapa de exibições.
CAMPINHO SHOW: “Loucos Dizem Que Somos”

Guti Fraga se dedica ao Vidigal e cria ali uma nova realidade através da arte. Toda 4a feira, atrai a juventude com seu Campinho Show, espetáculo multimídia e inovador no melhor estilo show de calouros. A primeira geração formada por ele volta para homenageá-lo justamente no momento em que ele começa tudo de novo. Marilia Furação, suas filhas, Mary Sheila, Babu Santana, Vanessa Soares e tantos outros criam juntos na arte o sentido daquilo que vale viver.

CINEMA NOSSO: “Nosso Cinema Nosso”

Cinco cineastas e um filme, dentro de outro filme. Como fazer cinema sendo filmado? Que cinema Uerlem, da favela Santa Marta ama e qual ele quer mostrar para o mundo? Diogo mora em Queimados, duas horas de trem até o Centro do Rio, mas a poesia e o cinema movem seu coração para a Lapa. Lá, ele encontra outros que, como ele, vem de longe para viver uma realidade em que se veem retratados, recriando o cinema nosso de cada dia.

CRESCER E VIVER: “No Risco do Circo, no Risco da Vida”

Da união de dois amigos surgiu o Circo Crescer e Viver, que atua há mais de dez anos e fixou residência na Praça Onze, berço do circo carioca. A escola ensina que o risco do circo é o risco da vida e seus alunos enxergam nas acrobacias e piruetas formas mais suaves e divertidas para encarar a realidade.

Jongo da Serrinha: “Assó, Adorei o Jongo!”

Dizem que o jogo engravidou em Angola, mas nasceu no Brasil. E, se foi nas fazendas de café do Vale do Paraíba que ele deu seus primeiros passos, foi na Serrinha, subúrbio do Rio, que ele floresceu e ganhou novos ares. Se antes era apenas jogado por quem tinha a cabeça coberta de fios brancos, hoje ele é dançado por crianças e jovens. Tia Maria, Pretinho da Serrinha, Suelen, Deli, Luiza, Lazir são alguns dos personagens dessa história.

Miratus: “Não Deixe a Peteca Cair”

Quando Sebastião começou a ensinar badminton a crianças da comunidade da Chacrinha, Zona Oeste do Rio, ele não tinha como imaginar aonde chegaria. O esporte era praticamente desconhecido e pouco praticado no país. Quase 20 anos depois, o Brasil participa pela primeira vez dessa modalidade nas Olimpíadas, graças a um trabalho sério e uma metodologia única e inovadora que une o esporte ao samba carioca.

Acompanhe os locais onde haverão as exibições através do mapa.
Mapa

  • 0
Ultimo dia Animaaqui

2ª Recreação Audiovisual – Anima Aqui

O curso de audiovisual para crianças e adolescentes do projeto Anima Aqui está a todo o vapor e, nesse mês de julho realizamos duas ações nas Escolas Municipais Tiradentes e Orlando Villas Boas no centro do Rio. Levamos duas recreações audiovisuais para aproximadamente 60 crianças das escolas. Em duas semanas, elas tiveram contato com o conhecimento básico para produção de vídeos e puderam colocar em prática suas ideias de filmes. Com muita história de terror e ação, elas produziram curtas que estão em processo de edição e, em breve, você assiste em nosso canal no Youtube.

O projeto Anima Aqui é possível através do financiamento da Abc Trust.